Partilhe esta Página



Total de visitas: 226525
A origem do mal
A origem do mal

A origem do mal


Charles Baudelaire, historiador, artista e poeta francês do século 19, acreditava que Deus criou a natureza e os seres humanos para serem bons e maus, resultando no que parece ser uma mistura de ambos. Há quem  concorde com Baudelaire, mas qual deve ser a postura do cristão? Como harmonizar um Deus amoroso, que deu a própria vida para salvar pecadores, com a existência de doença, sofrimento e morte? Que dizer de realidades como violência, terrorismo, roubos, assassinatos frios que acontecem todos os dias? É Deus responsável por tudo isso? Se não, quem é? Deixemos que a Bíblia responda.

A bíblia atesta que há milhares de anjos criados (Apocalipse 5:11). Também mostra que um desses anjos era "Perfeito eras nos teus caminhos", até cometer iniquidade (Ezequiel 28:14, 15, 17). Iniquidade é transgressão da Lei de Deus (1ºJoão 3:4). Quando se estuda profecias bíblicas, há alguns princípios que devem ser obedecidos. Muitas vezes as profecias possuem aplicação dupla, geralmente histórica e escatológica. Por exemplo: Mateus 24, Cristo menciona a profecia da destruição de Jerusalém (que ocorreu no ano 70 dC)...mas também refere-se ao tempo do fim, quando Ele retornar a Terra. Em Ezequiel 28:13-15 ocorre o mesmo. Há Uma referência ao Rei Tiro e paralelamente a Satanás. Em Isaias 14:12-14, também  há referência a  Satanás. Ali é usada uma linguagem simbólica (algo comum em profecias), afinal, Nabucodonossor não poderia  ter "caído do céu", como mostra o texto, tão pouco, assentar-se no trono de Deus, essa era a ambição de Satanás.

Qual foi o resultado da rebeldia desse anjo? Houve no Céu uma grande peleja entre Cristo e Lúcifer. O mal surgiu no céu, através de um anjo de luz, que se rebelou contra Deus e passou a se chamar Satanás. Nesse conflito, a terça parte dos anjos se uniu ao inimigo, e todos foram expulsos do Céu vindo alojar-se na Terra "E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado para a Terra, e os seus anjos foram lançados com ele." (apocalipse 12:9). Por isso Cristo precisou morrer na cruz. A bíblia diz que pecado é a transgressão da Lei de Deus (1º João 3:4) e as consequencias disso é a morte eterna do transgressor (Romanos 6:23)...Como a Rebelião de Lúcifer teve como objeto as leis e o governo de Deus e como Lúcifer trouxe o pecado para a Terra, logo a raça humana mereceria a morte eterna, pois esse é o veredito requerido pela lei de Deus....Mas Cristo assumiu essa penalidade em nosso lugar, nos dando a chance de obtermos a vida eterna e pôr um fim no pecado e na morte(João 3:16 e 1º Tess.4:13-18).

Mas ainda hoje, devemos ficar atentos as armadilhas do inimigo, enquanto Cristo não retornar. E de que maneira Satanás engana a raça humana? Transformando-se em anjo de luz. Realizando sinais e prodígios.(2ºCoríntios 11:14, 15; Mateus 24:24). Fiquemos vigilantes!

fonte base de pesquisa: estudo ouvindo a voz de Deus

topo